‘Não tenho mais vida’, diz moradora de Pocinhos sobre vídeo íntimo compartilhado na web

‘Não tenho mais vida’, diz moradora de Pocinhos sobre vídeo íntimo compartilhado na web

- em POLÍCIA
7083

Uma situação dramática, que se repete cada vez mais: jovens mulheres filmaram relações sexuais, confiaram nos parceiros, e acabaram humilhadas por milhares de pessoas na internet. Na semana passada, a história de Fabyanne Farias, de apenas 32 anos, teve um vídeo íntimo vazado.

A pocinhense, uma jovem, bonita e alegre, de 32 anos. O ex-marido gravou um vídeo de sexo e compartilhou em vários grupos de WhatsApp e Facebook. As imagens foram distribuídas por celular na cidade da Paraíba. Envergonhada, a jovem deve procurar a polícia para fazer um Boletim de Ocorrência (B.O) contra o seu suposto ex-marido.

“Ela é muito alegre, mas depois ela ficou deprimida. De repente. Totalmente retraída”, conta a amiga.

“Ele não demonstrou nenhum um pouco de arrependimento. Essa exposição toda, do vídeo, da imagem da minha amiga é uma violação”, destaca uma outra amiga da vítima.

“Eu confiei. Nunca imaginei que ele faria isso”, disse Fabyanne.

O vídeo de Fabyanne com o ex parceiro foi compartilhado milhares de vezes. Ela virou piada na internet e na cidade.

“Meu celular não parava. O pessoal ligando, ligando. Eu vou fazer o boletim de ocorrência. O pessoal não tinha dado muita importância. Quando foi nesta terça-feira, eu vi a proporção que tava”, conta.

 

Da Redação

Comentários com o Facebook

Você também pode gostar de:

Jovem de Campina Grande morre afogado em praia do Rio Grande do Norte

Um jovem de apenas 20 anos morreu após