Mulher que matou marido a facadas vai para prisão domiciliar, em Campina Grande

Mulher que matou marido a facadas vai para prisão domiciliar, em Campina Grande

- em POLÍCIA
201

Mesmo correndo sérios riscos de vida, a justiça determinou que a mulher que foi presa após matar o marido a facadas na frente dos filhos vai para prisão domiciliar, em Campina Grande. A decisão foi tomada durante uma audiência de custódia realizada na tarde desta segunda-feira (20), no Fórum Afonso Campus.

De acordo com a assessoria de comunicação do Fórum Afonso Campus, a determinação foi expedida com base na justificativa de que a mulher tem filhos com menos de 12 anos. A prisão domiciliar é cedida desde 2018, conforme orientação do Supremo Tribunal Federal (STF), para presas sem condenação, gestantes ou que forem mães de filhos com até 12 anos.

STF concede prisão domiciliar a presas sem condenação gestantes ou com filhos de até 12 anos.

Comentários com o Facebook

Você também pode gostar de:

Idosa é encontrada desorientada no bairro das Malvinas, em Campina Grande/PB

Uma idosa de aproximadamente 73 anos precisou ser