Garota de 13 anos mata o sobrinho, a irmã grávida, e arranca o bebê

Garota de 13 anos mata o sobrinho, a irmã grávida, e arranca o bebê

É quase um filme de terror, mas foi real.” É assim que a delegada Leisaloma Carvalho classifica, à reportagem, um crime assustador que deixou horrorizados os moradores de Porto Velho, em Rondônia, no último domingo (20). Uma garota de 13 anos confessou ter assassinado a própria irmã, de 23 anos, que estava grávida de 8 meses, segundo a delegada. A adolescente arrancou o bebê da mulher para tentar aplicar um golpe em parceria com o namorado, de 15 anos. A dupla ainda matou outro filho da irmã, um garoto de apenas 7 anos.
“A morte ocorreu, tanto da mãe, quanto da criança, no sábado (19/10) no início da noite. Quando foi no domingo (20), o primeiro corpo apareceu, o da criança, boiando no local (um lago artificial — que é utilizado, nos arredores da Zona Sul da capital, como reserva de barro para a produção de cerâmica). No início acreditou-se que tinha sido uma queda e afogamento. Mas na segunda (21) apareceu o corpo da mãe em uma cova rasa, ele estava parcialmente coberto e com muitos urubus no local. O corpo foi encontrado por um familiar da vítima, que já tinha percebido o sumiço e a procurava”. contou a delegada.
A jovem não teve o nome revelado. A vítima se chama Fabiana Pires Santana e foi morta a facadas e golpes de ferro. O outro filho de Fabiana, o garoto de 7 anos, que também foi morto pela dupla, teve um fim brutal. Segundo a delegada, o garoto presenciou a morte da mãe, foi arremessado no lago e depois apedrejado. “Tudo foi visto pela criança que chorava e gritava para não morrer. Eles jogaram ela no lago e depois atiraram pedras para matar”, disse.
Da Redação com Portal de Minas

Comentários com o Facebook

Você também pode gostar de:

LAGOA SECA: Deputado Julian Lemos participa nesta sexta-feira (13) de audiência para debater a segurança pública

O deputado federal Julian Lemos (PSL) participa, nesta