Deputados querem realizar o sonho de Genival Matias de ter Adriano Galdino no Avante

Deputados querem realizar o sonho de Genival Matias de ter Adriano Galdino no Avante

- em POLÍTICA
548

Ainda muito abalados com o falecimento do deputado estadual, Genival Matias, os parlamentares do Avante destacaram que querem realizar o sonho dele de ter Adriano Galdino no partido.

Nesta quarta-feira (22) o vice-presidente estadual do Avante, deputado Tião Gomes, sucessor imediato de Genival na presidência do partido, disse que foi procurado por meios de comunicação para falar sobre a situação do Avante a partir de agora, tendo em vista que o partido tinha a marca de Genival, presidente desde 2009.

“É muito cedo para falar sobre isso, para definições, mesmo estando às portas das eleições municipais e Genival tinha grandes projetos para 2020. Infelizmente foram interrompidos e só temos que aceitar os propósitos de Deus. Mas, um dos grandes sonhos de Genival era o de ter Adriano Galdino no Avante, inclusive disse que abriria mão da presidência se fosse para Galdino assumir. Eu digo o mesmo. Os demais deputados também. Esse era o sonho do nosso amigo que fará uma grande falta na política”, disse Tião Gomes.

Em julho do ano passado, Genival fez o segundo convite público para Adriano se filiar ao Avante e ainda presidir o partido que tem a segunda maior bancada na Assembleia Legislativa. “Lembrando que o único convite que fiz até hoje foi ao presidente Adriano Galdino para que ele venha para o Avante, e inclusive, para presidir a legenda. O presidente ficou de analisar e estou na torcida que ele venha”, disse Genival na época.

Já em novembro de 2019, Adriano Galdino participou do encontro nacional do Avante em Salvador, momento em que Genival Matias anunciou ao deputado federal Luis Tibé, presidente nacional do Avante, o ingresso de Adriano no partido.

 

Da Redação com Portal do Litoral

Comentários com o Facebook

Você também pode gostar de:

Justiça determina retirada de perfis que espalhavam “fakenews” contra prefeito de Lagoa Seca/PB

Em decisão limitar, o juiz da 13ª Zona