Deficiente auditivo é morto a tiros por não entender que era assaltado

Deficiente auditivo é morto a tiros por não entender que era assaltado

Um deficiente auditivo foi assassinado a tiros neste domingo (1º) em Moreno, na Região Metropolitana do Recife, após ser abordado por dois homens em uma motocicleta e não entender que se tratava de um assalto.

Marcelo José de Lima, de 21 anos, foi atingido no tórax e no braço e morreu na esquina de casa, na Avenida Tiradentes, no bairro Nossa Senhora de Fátima. Os suspeitos levaram o celular da vítima.

De acordo com a irmã de Marcelo, que não quis se identificar, Marcelo tinha costume de ficar passar as tardes na frente da residência em que morava.

Segundo ela, o irmão não era alfabetizado e não entendia nada do que as pessoas falavam. Ele também não falava.

O latrocínio, que é o roubo seguido de morte, é investigado pela Delegacia de Moreno. De acordo com delegado Alaumo Lima, há informações de que os suspeitos praticaram outros assaltos na localidade.

O delegado disse ainda que irá pedir imagens de câmeras de segurança de uma empresa próxima para tentar identificar os criminosos.

Comentários com o Facebook

Você também pode gostar de:

Governo passa a cobrar INSS de quem recebe seguro-desemprego

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – Para viabilizar o novo